Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Incêndios com mão criminosa no distrito aumentam mais de 109%


Texto: Helena Amaro / Foto: Arquivo/Lusa quarta, 04 abril 2018

Leiria é o distrito onde a percentagem de crimes de incêndio por fogo posto em floresta, mato, arvoredo ou seara, registados em 2017, mais aumentou, ainda que seja das regiões do País com menor número de ocorrências. Os dados constam do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2017, divulgado na semana passada e entregue na Assembleia da República, indicando os dados da criminalidade e actividade das forças e serviços de segurança referentes a 2017. 
Segundo o documento, foi registado um aumento de 27,8 por cento (%) de incêndios com mão criminosa em todo o País, passando de 8.779 crimes em 2016 para 11.221 no ano passado.  Em Leiria, as autoridades registaram 103 incêndios por fogo posto em floresta, mata, arvoredo ou seara em 2016. No ano passado, o relatório a­pon­ta para 216 crimes. Significa um aumento de 109,7%, mais do que a média nacional e o distrito onde a percentagem mais aumentou.

Leia a notícia completa na edição em papel.