Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“O voluntariado é o cimento da Humanidade”


quarta, 06 dezembro 2017
“Os Estados de todo o mundo estão a falhar no dever de proteger eficazmente os defensores dos direitos humanos, o que causou o aumento do número de mortes e de desaparecimentos evitáveis”, defendeu ontem Pedro Neto, director executivo da Amnistia Internacional Portugal (AIP), na tertúlia sobre “O Voluntariado como Promotor do Desenvolvimento” que ontem decorreu no Cine-teatro Alba, para assinalar o Dia Internacional do Voluntariado. Citando o novo relatório divulgado esta terça-feira, intitulado “Ataques mortais, mas evitáveis: Assassínios e Desaparecimentos Daqueles que Defendem os Direitos Humanos”, Pedro Neto revelou que, pelo menos, “281 destes activistas foram mortos em todo o mundo só em 2016 - um número que é quase o dobro do registado em 2015 (156) e que denota uma tendência de crescimento acentuado em relação a 2014 (136)”.
Leia a notícia completa na edição em papel.