Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Economia da experiência pode ajudar candidatura de Leiria a capital Europeia da Cultura


Texto: Helena Amaro / Foto: Luís Filipe Coito quinta, 01 junho 2017

Longe vão os tempos em que a avó fazia um bolo de aniversário, ou a mãe – porque não tinha tempo – comprava uma embalagem instantânea e o bolo só ia ao forno. Hoje em dia, o jovem compra o bolo per­sonalizado, ou melhor ain­da, compra um produto que engloba uma festa de aniversário, com o bolo incluído. A metáfora pertence a Carlos Martins, da Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, e serviu para explicar ontem, ao público do Fórum ‘Vê Portugal’, que a economia também passou por várias fases e que a aposta está agora na “economia da experiência”.
“Saber que serviço tenho, que experiências estou a gerar e que histórias estão a ser contadas”. Segundo Carlos Martins, o turista de há 25, 30 anos não é o mesmo dos dias de hoje. Viaja-se mais, porque o consumidor “precisa de viajar”. 

Leia a notícia completa na edição em papel.