Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Fátima acordou calma e quase vazia após a visita do Papa


domingo, 14 maio 2017

As ruas da Cova da Iria, os parques de estacionamento e o recinto do Santuário de Fátima estavam praticamente desertos ao início da manhã de hoje, na ressaca da visita papal. Fátima acordou hoje calma, após a visita de Francisco na sexta-feira e sábado ao Santuário, em que Francisco e Jacinta foram canonizados pelo líder da Igreja Católica. 
Pela manhã, na Cova da Iria, ouvia-se apenas o chilrear dos pássaros, as rodas das malas de turistas e de peregrinos que se despediam de Fátima e o barulho do motor de alguns autocarros estrangeiros e portugueses que estacionavam junto a hotéis.
O recinto do Santuário estava praticamente deserto, com algumas dezenas de pessoas a aproveitarem para tirar 'selfies' junto à estátua de João Paulo II ou ao terço gigante da artista Joana Vasconcelos. 
Algum lixo no chão, baias de segurança, fitas que ainda não foram removidas e uma ou outra tenda montadas junto à Basílica da Santíssima Trindade eram os resquícios hoje de manhã das celebrações do Centenário das Aparições.
Pela cidade, ainda se viam militares da GNR, polícia e bombeiros, vários funcionários a recolher lixo e a limpar as ruas e os 'transfers' para as bolsas de estacionamento ainda estavam a funcionar. No entanto, o grande parque de estacionamento junto ao Centro Pastoral Paulo VI - quase vazio - denunciava a debandada que ocorreu após o regresso do papa Francisco a Roma, na tarde de sábado.
Para trás ficou uma cerimónia que terá levado 500 mil pessoas ao Santuário de Fátima no sábado, segundo o porta-voz do Vaticano, Greg Burke, citado pela agência EFE. Na Cova da Iria, o Papa, perante uma multidão que o recebeu e se despediu dele com aplausos e gritos, pediu uma Igreja "pobre de meios e rica no amor" e deixou uma mensagem de paz, apelando à "concórdia entre todos os povos". Francisco foi o quarto Papa a visitar Portugal.