Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Simulacro de atentado terrorista preparou para situações de catástrofe


Diana Cohen segunda, 08 maio 2017
A vila de Fajões, em Oliveira de Azeméis, foi palco de um mega-simulacro de atentado terrorista que visou treinar todos os agentes de Protecção Civil para uma catástrofe desta natureza. Mais de 80 formandos, incluindo médicos, bombeiros, militares, enfermeiros, técnicos de emergência, psicólogos e elementos do Exército português, estiveram envolvidos neste exercício que decorreu, recentemente, no quartel dos Bombeiros Voluntários de Fajões. O simulacro, que consistiu na criação de um cenário de ataque terrorista num restaurante/hotel, com centenas de feridos e vítimas mortais, inseriu-se no curso Medical Response to Major Incidents, ministrado por um grupo de instrutores em Trauma e Catástrofe do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira e considerado um dos melhores no que respeita a formações de resposta a emergência em situações de catástrofe a nível internacional.
Leia a notícia completa na edição em papel.