Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Serenata voltou a ser Monumental


sexta, 05 maio 2017
Uma, duas, três… doze badaladas, directamente do coração da Universidade de Coimbra, leia-se da Torre Universitária “A Cabra”, anunciaram o início da Serenata Monumental que dá o “pontapé de saída” da Queima das Fitas 2017 e se para muitos já começa a representar, através do ressoar das guitarras e da emoção da voz, o início do fim para outros é, sendo que vestem pela primeira vez as tradicionais capa e batina conimbricenses, o princípio da primeira Queima e da vida enquanto “doutores” na praxe. Na madrugada de ontem, a tradição repetiu-se na Sé Velha que, pintada de preto mas, também, colorida pelas fitas das pastas que exibiram, mexendo-se ao som da música, emoções de quem está perto de partir.
Leia a notícia completa na edição em papel.