Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Fátima: Medidas de segurança em "larga escala" para Papa


terça, 02 maio 2017
A operação de segurança montada para a visita do Papa Francisco a Fátima, nos dias 12 e 13 de Maio, é, sobretudo, da responsabilidade da Guarda Nacional Republicana (GNR), mas todas as forças e serviços de segurança vão estar envolvidas. O Papa tem agendados encontros com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a 12 de Maio, e com o primeiro-ministro, António Cos­ta, no dia 13. A GNR considera que a peregrinação do Papa a Fátima obriga a “uma operação de larga escala”, que envolve várias valências da corporação e um dispositivo com capacidade de “prevenir e cessar qualquer tipo de eventualidade ou ocorrência”. A informação sobre o dispositivo, número de efectivos e meios, da GNR é reservada por motivos de segurança. A principal preocupação da GNR é a segurança dos milhares de peregrinos que se vão deslocar à Cova da Iria e a GNR garante que tomou “todas as medidas possíveis para garantir a segurança dos cidadãos". A GNR vai utilizar “pela primeira vez” um helicóptero, de Espanha, com uma câmara de alta definição, para controlar fluxos de viaturas e de peões em Fátima, e o Santuário e a área envolvente vão dispor de um sistema de 11 câmaras de videovigilância para a prevenção de crimes e actos terroristas. Vão ser também utilizadas outras quatro câmaras de Câmara de Ourém e cinco da GNR.
Leia a notícia completa na edição em papel.