Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Sonho do Vista Alegre acabou nas mãos de Borges


Jorge Maia Valente (texto)/Ricardo Carvalhal (foto) quarta, 26 abril 2017

O Esmoriz, do Campeonato Safina, está na final da Taça Distrito de Aveiro, ao vencer, ontem, o Vista Alegre, através do desempate pelas grandes penalidades, depois de um nulo no tempo regulamentar. O sonho do Vista Alegre, equipa da II Divisão Distrital da A.F. Aveiro, em culminar de uma carreira fantástica na taça distrital com a disputa da final, caiu às mãos de Borges, guarda-redes do Esmoriz, especialista em levar a equipa a finais nas grandes penalidades, como sucedeu há três anos.

Um ou outro momento de menor concentração - a começar o jogo foram evidentes - sugerem mais ansiedade do que o habitual. O Vista Alegre pareceu ter acusado o “peso” de um jogo que não estava nas contas da época. Ao contrário do Esmoriz que, ontem, agarrou-se à taça e levantou a cabeça que andava baixa por causa do campeonato quase perdido. A festa foi e é para o Esmoriz; mas o conforto da história mais bonita da prova escrita contra “futuros” opositores, foi e é do “Talé”.

A outra meia-final da prova, que começou uma hora mais tarde, também foi decidida pela marcação das grandes penalidades. No Estádio Reinaldo Noronha, o Alvarenga recebeu o Paivense, mas o jogo chegaria ao final do 90 minutos empatado (0-0). No recurso aos pontapés da marca de penálti foram precisas duas séries para que a equipa do concelho de Arouca eliminasse a formação de Castelo de Paiva, por 9-8.

Leia a notícia completa na edição em papel.