Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Magia de André Santos dá esperança ao Arouca


Redacção (texto)/Lusa (foto) domingo, 09 abril 2017

O Arouca não conseguiu ganhar em Paços de Ferreira, como desejou o treinador Jorge Leitão, mas garantiu um importante ponto, ao empatar, ontem, a uma bola no Estádio Capital do Móvel. Um resultado que deixou manteve as duas equipas empatadas na classificação (28 pontos) e cada vez mais perto da permanência na I Liga, já que as ambas equipas tinham a oportunidade de alcançar a desejada barreira dos 30 pontos.

Com quatro elementos de características ofensivas, o Arouca surpreendeu os pacenses nos primeiros minutos, num domínio, no entanto, inconsequente e sem criar reais situações de perigo. Mas os locais ajustaram-se rapidamente e, revelando grande eficácia, chegaram ao golo no primeiro ataque, beneficiando da iniciativa de Marco Baixinho, que arrancou ainda no seu meio campo e foi entregar a bola a Ricardo Valente junto à área do Arouca. O avançado, cedido pelo Guimarães, furtou-se à marcação dos centrais, contornou o guarda-redes e, de ângulo reduzido, bateu Bolat.

Na segunda parte, o ritmo de jogo baixou, o Arouca conseguiu ter mais bola e, de certa maneira, adormecer um Paços de Ferreira que não conseguiu “fechar” o jogo e que acabaria por sofrer a igualdade, num lance em que André Santos (na foto, em primeiro plano) teve tempo e espaço para dominar à entrada da área e rematar em jeito, fazendo a bola desviar no poste antes de passar a linha de baliza. Com este empate, o Arouca quebrou uma série de sete derrotas consecutivas no campeonato.

Leia a notícia completa na edição em papel.