Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

“O cano é que paga” os resíduos no esgoto


Quarta, 22 de Março de 2017
Sabe o que não deve ir para o esgoto? Toalhetes, fio dentário, óleo alimentar usado, sacos de plástico, tampões, esfregões, pensos rápidos, cotonetes ou qualquer outro objecto. A Águas do Centro Litoral (AdCL) lança a pergunta e dá a resposta, convicta que as pessoas sabem bem do que não devem mandar para o esgoto, mas não o interiorizam, logo, não agem. E com o objectivo de as fazer agir que neste dia Mundial da Água lança a campanha “O cano é que paga”. Uma iniciativa que surge no ano em que o tema das comemorações mundiais é “águas residuais”. O projecto de sensibilização ambiental “O cano é que paga” surgiu com o objectivo de esclarecer a população sobre as consequências da colocação de resíduos sólidos no esgoto, «uma problemática de difícil assimilação visto que as consequências desta prática não são visíveis para a maior parte da população», alerta a AdCL. O desafio para mudar comportamentos passou por desenvolver uma estratégia criativa e apelativa, assente em dois pilares (a música e as artes plásticas), adoptando-se um conceito criativo que, segundo a AdCL, «associa além da transmissão de boas práticas, a educação pela arte, especificamente a música e as artes plásticas através da mensagem unificadora da campanha».
Leia a notícia completa na edição em papel.

Suplementos