Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Manuel Machado já não é treinador do Arouca


Redacção (texto)/Arquivo (foto) Quarta, 22 de Março de 2017

Cinco derrotas em outros tantos jogos precipitaram a saída de Manuel Machado do comando técnico do Arouca. Treinador e clube rescindiram ontem, por mútuo acordo, o contrato que era válido até ao final da presente temporada. Anunciado no dia 10 de Fevereiro como sucessor de Lito Vidigal - saiu para o Maccabi Telavive, de Israel -, Manuel Machado, de 61 anos, aquando da sua apresentação, não colocou de parte lutar por lugares europeus. “O Arouca tem praticamente a manutenção na Liga NOS assegurada e não está fora dos nossos horizontes repetir o feito da época passada”, afirmou na altura o experiente técnico, que tinha saído do Nacional devido aos maus resultados.

Ou seja, passa a ser o primeiro treinador a ser “chicoteado” por duas vezes na edição 2016/2017 na Liga. A verdade é que, pouco mais de um mês depois, Manuel Machado sai do Arouca pela porta pequena. A equipa não somou qualquer ponto nos últimos cinco jogos e como chegou ao Arouca após a derrota na Luz, frente ao Benfica, já vai em seis desaires consecutivos, que fazem do clube arouquense o pior do campeonato na segunda volta da prova. O agora ex-técnico do Arouca recebeu a equipa no 10.º lugar e deixa-a no 14.º, com os mesmos 27 pontos, mas ainda com mais dez pontos do que os dois clubes situados abaixo da “linha de água”, o Tondela e o “lanterna-vermelha” Nacional.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Suplementos