Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Administrador do Grupo Lena rejeita qualquer crime


quinta, 09 março 2017
A Comissão Executiva do Gru­po Lena confirmou ontem que o seu CEO, Joaquim Paulo da Conceição, foi constituído arguido no âmbito da ‘Operação Marquês’, reiterando que o administrador não praticou qualquer crime. “O CEO do Grupo Lena reitera que não praticou qualquer acto, seja a título pessoal ou na qualidade de CEO do Grupo Lena, que possa ser considerado crime ou sequer censurável, considerando que esta evolução do processo se justifica apenas tendo em conta as teorias da investigação, as quais não lhe parecem corresponder, seguramente no que a si diz respeito, à verdade dos factos”, pode ler-se no comunicado, enviado ontem à tarde, à redacção do Diário de Leiria. A Comissão Executiva do Grupo Lena considera mesmo que a qualidade de arguido no âmbito da ‘Operação Marquês’ é “a disposição legal que melhor assegura a sua defesa enquanto cidadão e profissional”.
Leia a notícia completa na edição em papel.