Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Urgências pediátricas em Viseu encerradas durante a noite a partir de junho


Terça, 21 de Maio de 2024

As urgências pediátricas da Unidade Local de Saúde Viseu Dão Lafões (ULSVDL) estarão encerradas ao exterior todos os dias no período noturno, entre as 20:00 e as 09:00, a partir de 01 de junho, informou hoje a administração hospitalar.
“Para poder maximizar a disponibilidade dos pediatras durante o período de verão, sem impedir o legal direito ao gozo de férias, importa limitar a atividade assistencial da Urgência Pediátrica aos períodos diurnos e às situações de emergência em período noturno”, afirma, em comunicado, a administração da ULSVDL, liderada por Nuno Duarte.
A decisão visa “garantir disponibilidade para uma escala continuada de apoio à Urgência Interna e Bloco de Partos, evitando assim mais roturas assistenciais em cascata”, sublinha.
A Urgência Pediátrica, que desde março está condicionada ao exterior no período noturno entre quinta-feira e domingo, “por dificuldade de recursos humanos” viu agora a situação “agravada” com a saída de dois médicos, acrescenta.
“Apesar de ter ocorrido a contratação de pediatras, em regime de prestação de serviços, para realizar turnos de urgência, a saída dos dois internos que terminaram agora a especialidade, aliada ao facto de ainda não ter sido aberto o concurso nacional para médicos recém-especialistas, agravou as condições de resposta da Urgência Pediátrica”, salienta a Unidade Local (ULS) de Saúde Viseu Dão Lafões.
O conselho de administração adianta que “há apenas 15 especialistas a efetuar trabalho de urgência (oito para turnos diurnos e sete para turnos noturnos), sendo certo que muitos deles vão atingir no verão o limite legal de 150 horas suplementares (ou 250 horas para os médicos em dedicação plena)”.
No quadro do novo modelo organizacional da ULS, refere a administração no mesmo comunicado, “os cuidados de saúde primários estão a organizar-se para reforçar a sua capacidade de atendimento de doentes pediátricos agudos, no âmbito das consultas abertas/consultas de intersubstituição, garantindo um maior número de vagas disponíveis nos cinco dias da semana em todas as USF da cidade” de Viseu.
Segundo informou, “as SUB de Tondela e São Pedro do Sul estão capacitadas para atendimentos a utentes em idade pediátrica” e “a resposta em rede dos hospitais do SNS em Coimbra, Aveiro e Guarda permite atendimento referenciado após contacto com o SNS 24 e o INEM”.
Assim, reforça, o Plano de Contingência entra em vigor a partir de 01 de junho de 2024, que se traduzirá no “encerramento da Urgência Pediátrica Externa em todos os períodos noturnos entre as 20:00 e as 09:00 do dia seguinte”.
“Os utentes devem contactar sempre o SNS 24 (808 24 24 24) para orientação, antes de se dirigirem aos serviços de saúde e devem procurar uma resposta de proximidade junto da respetiva Equipa de Família / Centro de Saúde” e, em caso de emergência, “deve ser contactado o INEM (112), sendo o CODU [Centro de Orientação de Doentes Urgentes] responsável pela orientação”.
“No período noturno mantém-se uma equipa de pediatria que garante a Urgência Interna para crianças internadas e crianças em vigilância ou tratamento no Serviço de Urgência, admitidas antes das 20:00 e assegura-se o normal funcionamento do Bloco de Partos e Neonatologia nos sete dias da semana”, assume.
A ULSVDL afirma ainda que há “resposta garantida a emergências médicas pediátricas com risco imediato de vida na Sala de Emergência da Urgência Pediátrica, mesmo durante os períodos de constrangimento”.


Suplementos