Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Pena suspensa por balear homem após desentendimento


quarta, 09 novembro 2016
O Tribunal de Aveiro condenou, ontem, um arguido a cinco anos de prisão, com pena suspensa, dando como provado que atingiu outro homem a tiros de caçadeira, após desentendimentos relacionados com a cobrança de uma alegada dívida. Os factos ocorreram no passado mês de Fevereiro num acantonamento onde o arguido vivia, no concelho de Oliveira do Bairro. Apesar da vítima ter dito durante o julgamento que o disparo “foi para assustar”, o colectivo de juízes não teve dúvidas de que o arguido teve intenção de matar. “Ninguém dispara uma caçadeira em direcção a outra pessoa, seja a que distância for, se não a quiser matar”, disse o juiz presidente Raúl Cordeiro. O magistrado realçou ainda que na origem do disparo estiveram “motivos banais”, referindo-se a uma alegada dívida de “centenas de euros”, relacionada com os impostos de um carro que o arguido tinha vendido à vítima.
Leia a notícia completa na edição em papel.