Notícias

O “mundo da castanha” no coração de Arouca

Abre amanhã, pelas 10 horas, a quarta edição do “Festival da Castanha”, que até domingo apresenta um programa diverso, apesar de, obviamente, ser centrado no fruto: concursos, mostras, palestras e workshops são alguns dos atractivos, em momentos temperados pela animação, com a música em destaque.
“Caminha para ser um evento estruturante para o concelho”, sublinha Artur Neves. O presidente da Câmara Municipal de Arouca acentua a consolidação deste festival, em termos de qualidade e da capacidade de atracção, “na sequência do sucesso alcançado na anterior edição”.

Assaltantes de ourivesaria
confessam e pedem desculpa

Os quatro estrangeiros que assaltaram, em Março deste ano, a Ourivesaria Certa, em Aveiro, fizeram uma confissão sem reservas, na primeira sessão do julgamento.
Os arguidos, todos de nacionalidade moldava, justificaram o crime com o facto de não terem dinheiro, nem para sustentar as suas famílias, nem para regressar ao seu país de origem, depois de terem vindo de Espanha para Portugal atraídos por uma proposta de emprego (na área da construção civil) que não encontraram.

Universidade de Aveiro: “Universidades fortes para uma região forte”

O reitor da Universidade de Aveiro (UA) vincou ontem a necessidade de existir uma “política regional de ciência” que, aliada a uma “agenda de inovação” participada por empresas e outras entidades, “sirva os interesses da região”.

Projecto valeguense vence
Orçamento Participativo

O projecto de “Instalação de uma Pista de Patinagem no complexo Desportivo do Sargaçal, na Freguesia de Válega” foi o mais votado do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Ovar e vai ser uma realidade. “Tínhamos esperança que isto pudesse acontecer, pois agarramos bem esta oportunidade”, explica Pedro Nunes, presidente do Clube Cultural e Recreativo de Válega (CCRV) e treinador de um dos escalões intermédios.

A loucura do Slackline já chegou a Aveiro

Com toda a certeza que equilibrista ou malabaristas já viveram a sensação de estar na corda bamba, mas hoje em dia não é condição ser-se artista circense para saber o que isso é. O Slackline veio para ficar e embora em Portugal ainda esteja a dar os primeiros passos, noutros países é já visto como uma modalidade desportiva ao ao melhor nível. Aveiro já está na “rota” do Sla­ckline e muito graças ao interesse de André Antunes que te­v­e o primeiro contacto com este desporto há cerca de quatro anos e nunca mais deixou de “andar” na corda bamba e influenciar outras a experimentarem.

Corrida de S. Silvestre
estreia-se em Aveiro

Os amantes da corrida aveirenses podem, este ano, participar numa corrida de S. Silvestre sem sair de Aveiro. Isto porque já está agendada para dia 29 de Novembro a S. Silvestre Cidade de Aveiro, com partida às 18 horas, no Centro Cultural e de Congressos. Importa é mexer, portanto, além da corrida de dez quilómetros, haverá uma caminhada de cinco quilómetros, com partida às 16.30 horas, para quem não é dado a “correrias”.

Ajude com o coração e apadrinhe uma
família carenciada

Há 75 famílias aveirenses referenciadas pelo Centro Social e Paroquial da Vera Cruz, a precisarem de ajuda. Estas famílias inspiraram a instituição a lançar uma campanha de apadrinhamento, que depende unicamente da boa vontade de cada um e que pretende “encher” uma despensa que teima em se manter mais vazia do que devia.

Anta e Guetim pedem a colaboração
da autarquia

A Câmara Municipal de Espinho e a assembleia municipal devem ajudar a União de Freguesias de Anta e Guetim a concretizar “o muito que ainda há a fazer” para “satisfazer as necessidades” das populações locais, vincou Nuno Almeida, o presidente do executivo, na recente comemoração dos 14 anos da Freguesia de Guetim.
O autarca apontou a necessidade de requalificar alguns espaços públicos do território sobre sua alçada, “como o Parque da Picadela ou da Gruta da Lomba”, bem assim como a premência de criar ligações entre várias ruas da união de freguesias.

Estarreja: Sabina destaca “impulso” dado no primeiro ano do mandato

O presidente da Câmara de Estarreja, Diamantino Sabina, faz um balanço positivo do primeiro ano do actual mandato. “Demos a Estarreja um impulso importante num eco-parque empresarial com nova dinâmica, nas festas com renovado formato, numa oferta cultural em ascensão e diversificação, num forte fomento desportivo, numa educação de qualidade e no social que hoje requer nova amplitude e visão”, declarou o autarca do PSD.

Páginas