“Estou profundamente assustado com a situação sócio económica”

Jornalista: 
sandra simões
Autor da Imagem: 
paulo ramos

Martinho Pereira é responsável do Banco Alimentar Contra a Fome de Aveiro desde a sua criação, há 15 anos e revela-se “profundamente assustado com a situação sócio-económica que se vive neste momento”. Segundo avançou ao Diário de Aveiro, sempre houve famílias carenciadas e instituições a precisarem de apoio, “mas nunca se viveram momentos tão dramáticos como agora”. “Neste momento, é raro o dia em que não nos batem à porta (do Banco) a pedir alimentos para matarem a fome. A situação está a ficar caótica e não sei quanto tempo mais o Banco consegue dar resposta”.

Ler notícia completa na edição em papel