Notícias

Região apela ao “fortalecimento do poder local”
e pede gestão local da ria de Aveiro

Edição de: 

Com o secretário de Estado da Administração Local a ouvir e na véspera de receber o primeiro-ministro, o presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) abriu o Congresso da Região de Aveiro a pedir o reforço das competências dos municípios. Para Ribau Esteves, “o fortalecimento do poder local é um instrumento de elevada e reconhecida importância”. E nessa lógica, o autarca social-democrata, que também dirige a Câmara de Aveiro, sustentou que a ria exige uma gestão de proximidade, tratando-se de uma velha reivindicação regional que continua sem sair do papel.

Fundo do Porto do Carregal
subiu 1,70 metros em dez anos

Edição de: 

Há muito que velejadores e amantes da Ria em geral chamam a atenção para a crescente degradação das condições de navegabilidade, em particular no canal de Ovar da Ria.
Na origem do problema que se vem agudizando nos últimos tempos, está, na perspectiva de Hélder Ventura, presidente da NADO - Náutica da Associação Desportiva Ovarense, “um processo de acumulação de sedimentos, aliado a um aumento da amplitude da maré”. Hélder Ventura vai mais longe e garante que, em função de medições realizadas “nos últimos dez anos, os fundos subiram 1,70 metros”.

Monumento evoca pescadores
que morreram na faina do bacalhau

Edição de: 

Alguns foram enterrados em sepulturas sem identificação, outros nem sequer chegaram a ser encontrados nas águas gélidas canadianas. Foram muitos os portugueses que perderam a vida enquanto tentavam assegurar o seu ganha-pão, nas longas campanhas da pesca do bacalhau, ao largo da Terra Nova, no Canadá. Pescadores que foram deixados para trás, mas cuja memória será, dentro de alguns meses, evocada de forma permanente.

Condenada por encomendar morte do ex-genro

Edição de: 

A cartomante que contratou dois homens para matarem o ex-genro foi ontem condenada a uma pena de prisão de cinco anos, suspensa.
Por ter sido conivente com a situação, o Tribunal de Santa Maria da Feira aplicou uma pena de prisão três anos e seis meses, igualmente suspensa, à filha da arguida, que era mulher do ofendido.

Governo propõe recondução de Carlos Costa como governador do Banco de Portugal

Edição de: 

Nos termos da lei em vigor, a nomeação de Carlos Costa para um novo mandato de cinco anos tem de ser precedida de uma audição em comissão parlamentar.
Carlos Costa foi nomeado governador do Banco de Portugal em 2010, pelo anterior Governo do PS, e está em funções desde 7 Junho desse ano.

Aveiro: Um presidente, oito anos, dois livros

Edição de: 

“Do Tempo Público - obras” e “Do Tempo Público - escritos” são os dois livros com que Alberto Souto passa em revista os dois mandatos em que liderou a Câmara de Aveiro. O par de volumes é lançado hoje, pelas 18 horas, na antiga Capitania da cidade, actual sede da Assembleia Municipal. A escolha do local não foi feita ao acaso. Trata-se de um “sítio simbólico”, afirma, uma vez que a recuperação daquele imóvel, que chegou a estar destinado à demolição, foi uma das principais obras do socialista nos oito anos em que governou o município aveirense.

“Banco de Fomento” vai
começar a fazer-se notar

Edição de: 

A partir do segundo semestre deste ano já será possível descortinar os efeitos do chamado “Banco de Fomento” na economia portuguesa, em concreto na facilitação do crédito com destino às empresas, sublinhou Castro Almeida na abertura do sexto “Fórum Empreendedorismo – É Tempo de Agarrar Novas Oportunidades”, que ontem se realizou no Europarque de Santa Maria da Feira, sob organização das instituições que corporizam o “sistema nacional de garantia mútua”.

Marcha “pelo coração” leva Aurora Cunha à Murtosa

Edição de: 

O Agrupamento de Escolas e a Câmara Municipal da Murtosa organizaram, na passada quarta - feira, uma “Marcha pelo Coração”, que contou com a presença da antiga maratonista nacional, Aurora Cunha, que, conforme referem os responsáveis pela iniciativa, “contagiou todos os presentes com a sua simpatia, distribuindo autógrafos durante todo o percurso”, lê-se em comunicado.

Multinacional Sakthi escolhe Águeda e vai criar 1.500 postos de trabalho

Edição de: 

A Sakthi, empresa multinacional de um grupo indiano que se dedica à produção de peças para o sector automóvel, optou por Águeda para instalar uma unidade de produção.
Depois de várias opções e localizações que a empresa tinha em mãos, um mega-espaço na zona do Parque Empresarial do Casarão acabou por ser a opção da empresa, segundo anunciou, ontem, o município.

Angústia em
demolição de casas

Edição de: 

Os proprietários de duas residências situadas no bairro dos pescadores da Costa Nova (Ílhavo), assistiram, anteontem, inconformados, à demolição das respectivas casas. Foi o desfecho de uma batalha judicial que começou a ser travada ainda no tempo dos escudos e que acabou por ser ganha pelo dono do terreno onde as habitações foram construídas.

Páginas