Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Cabo Mondego recebeu “prego de ouro” por ser “único no mundo”


segunda, 25 julho 2016
Escreveu-se ontem nova página na história do património natural (do concelho e do país), já que, numa das falésias da Murtinheira, foi colocado o “Prego de Ouro” (GSSP – Global Stratigraphic Section and Point), que assinala aquele como o único local do mundo que corresponde à base do andar Bajociano (há 176 milhões de anos), reconhecido por toda a comunidade científica. A cerimónia contou com a presença de várias figuras internacionais e nacionais, como os responsáveis da Comissão Estratigráfica do Jurássico da União Internacional de Ciências Geológicas Stanley Finney e Stephen Hesselbo, do presidente do Comité Nacional para o programa Internacional de Geo-ciências Abreu Sá, responsáveis da UNESCO, da Universidade de Coimbra, do ICNF, entre outros. E tanto Santley Finney como Stephen Hesselbo focaram o grande interesse daquele património, considerando-o «uma referência internacional na geologia de todo o mundo», e a necessidade da comunidade onde ele se insere «perceber a importância do sítio».
Leia a notícia completa na edição em papel.