Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Acidentes matam 53 pessoas em 2015


quinta, 07 janeiro 2016
O balanço da sinistralidade do ano passado nas estradas do distrito de Aveiro não podia ser mais negativo: 9.773 acidentes, 53 mortos e 116 feridos graves. Destes indicadores, apenas o dos feridos graves diminui face a 2014. Este cenário “negro” da região ainda ganha maior dimensão com o facto de Aveiro passar a liderar o país no número de mortos: 53, os mesmos que foram registados em Lisboa. Olhando para os valores provisórios da sinistralidade rodoviária, emitidos pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), referentes ao distrito de Aveiro, 2015 foi o pior dos últimos três anos no que ao número de acidentes e número de mortos nas estradas da região diz respeito. A frieza dos números não deixa margem para dúvidas. Em 2015, houve 9.773 acidentes, um valor que compara com os 9.680 de 2014 (9.670 acidentes em 2013). Dos 47 mortos nas estradas em 2013, Aveiro registou, em 2014, uma diminuição substancial de vítimas mortais (17), voltando a aumentar em 2015 (53). O único valor que baixa no distrito é o número de feridos graves, que foi de 116 em 2015, enquanto tinha sido de 125 em 2014 e 137 em 2013.
Leia a notícia completa na edição em papel.