Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Marinha Grande: Chumbo da autoridade de saúde obriga município a encontrar novo mercado


foto: DR / Legenda: Câmara vai adaptar o Parque Municipal de Exposições para acolher mercado municipal segunda, 25 maio 2020

A autoridade de saúde da Marinha Grande deu parecer desfavorável à reabertura do mercado da cidade, o que levou a Câmara a procurar alternativa, indo agora adaptar o Parque Municipal de Exposições para o efeito.
A presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Cidália Ferreira, explicou à agência Lusa que, depois de ter informado a delegada de Saúde local da intenção de reabrir os três mercados do concelho, foi-lhe solicitado que cumprisse várias exigências no espaço da cidade.
“Poderíamos ter no local a venda de todos os produtos, à excepção da carne e do peixe. Garantimos que estaria cumprido o distanciamento entre as bancas e todos os requisitos que a própria Direcção-Geral da Saúde recomenda. Cumprindo tudo, não imaginaríamos que a delegada não permitisse a abertura do espaço”, justificou.
Para assegurar que os comerciantes possam continuar a vender e a população a ter os produtos locais, a Câmara vai instalar o mercado, provisoriamente, no pavilhão do Parque Municipal de Exposições, mantendo-se a proibição, para já, da venda de peixe e carne.
“Estamos a criar todas as condições para que seja possível abrir o mercado no mais curto espaço de tempo. Não posso adiantar uma data, uma vez que estamos dependentes do fornecimento de bancas e outros equipamentos, que já contratámos”, informou Cidália Ferreira.
A delegada de Saúde, Clarisse Bento, justificou à Lusa que o mercado que existe está “provisório há cerca de 12 anos em tendas”.

Leia a notícia completa na edição em papel.