Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

PSD questiona Governo sobre perda de verbas devido a atrasos na Linha do Oeste


foto: LFC/Arquivo segunda, 25 maio 2020

Os deputados do PSD eleitos por Leiria questionaram o Governo sobre o atraso no lançamento do concurso para a modernização da Linha do Oeste até às Caldas da Rainha, o que temem poder resultar na perca da comparticipação comunitária.
Os sucessivos atrasos no lançamento do concurso para a modernização do troço Torres de Vedras – Caldas da Rainha da Linha do Oeste, adiado desde 2017, levou os deputados a questionar o ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, sobre se “assume a responsabilidade se ocorrer a perda de fundos comunitários”.
Reivindicada há décadas por autarcas e população da região, a modernização da Linha do Oeste representa um investimento total de 112,4 milhões de euros para requalificar 87 dos 200 quilómetros da via-férrea que liga Meleças à Figueira da Foz.
O primeiro troço da empreitada, Meleças-Torres Vedras, foi lançado em Junho de 2019 e o troço Torres Vedras-Caldas da Rainha deveria ter sido lançado até Novembro, o que não se verificou. Nesse mês, a Infra-estruturas de Portugal (IP) informou na sua página na Internet que “o início dos trabalhos deslizou para o 2.º semestre de 2020”.

Leia a notícia completa na edição em papel.