Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Tentativa de burla com testes de Covid-19


sexta, 10 abril 2020

O Destacamento Territorial em Anadia da GNR alertou, ontem, para a tentativa de burlas que possam surgir, durante o período de confinamento. O aviso chegou depois de uma tentativa de burla a um sénior, que aconteceu em Anadia, com dois indivíduos, trajados com batas brancas, a tentaram pressionar um cidadão a realizar um teste de Covid-19, sugerindo para o efeito entrarem dentro da sua habitação.
Cláudio Lopes, comandante do Destacamento Territorial de Anadia, esclareceu que os «dois desconhecidos, trajados com bata branca, máscara cirúrgica e uma pasta, pressionaram um idoso a realizar um teste de despistagem de Covid-19», garantindo que «houve muita insistência» por parte dos indivíduos «em entrar na habitação». Todavia, o cidadão manteve-se firma na recusa a fazer o teste, impedido, igualmente, a entrada dos suspeitos na moradia, facto que «levou os burlões a abandonarem o local», adiantou.
O comandante alerta para o facto de «este tipo de criminalidade ocorrer normalmente com pessoas mais desinformadas e idosas, pelo que é necessário que todos estejamos atentos para comportamentos suspeitos nos nossos meios sociais». Caso sejam detectados, «recolham o máximo de informação possível, como por exemplo a descrição dos burlões, eventuais viaturas onde se façam transportar e até uma foto dos mesmos», apela o capitão.
«Este tipo de situações podem variar na forma como são feitas», no entanto, enfatiza o comandante do Destacamento Territorial de Anadia da GNR, «neste momento, não há venda de nenhum tipo de serviços porta-a-porta, muito menos a realização de testes, que, ou são feitos em estabelecimentos de saúde, ou no caso de serem realizados em casa, são sempre efectuados por uma equipa do INEM, devidamente identificada e em viatura caracterizada».
«Os tempos em que vivemos, motivados pela pandemia Covid-19, são tempos complicados que nos exigem especial atenção ao respeito pelas regras impostas e pela segurança de todos nós», continua o comandante da GNR, recordando que «a segurança é um dever de cidadania, cabendo a cada um de nós cuidar dos outros também». Os contactos disponíveis em caso de necessidade são o 231 512 341 e/ou 962 095 007.
O capitão Cláudio Lopes informou que desde o início do estado de emergência, declarado em meados de Março, foram detidos dois indivíduos em Oliveira do Bairro: «Um por desobediência ao confinamento e outro por ter o estabelecimento aberto com ordens para o encerrar».