Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Municípios vão levar alimentos a casa de alunos mais carenciados


quarta, 08 abril 2020

Os municípios da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vão disponibilizar um cabaz alimentar aos alunos do escalão máximo do subsídio escolar, sendo esta uma das medidas tomadas ontem para fazer face à pandemia da Covid-19.

O Conselho Intermunicipal da CIM da Região de Coimbra reuniu-se ontem, através de videoconferência, e articulou «um conjunto de medidas de apoio aos rendimento das famílias e das empresas da região, a fim de combater os efeitos económicos e financeiros provocados pela pandemia da Covid-19», anunciou a entidade, em nota de imprensa.

Uma das 13 medidas previstas será a entrega de um «cabaz alimentar em casa de todos os alunos com escalão A dos apoios sociais, quando solicitado pelas famílias», nos 19 municípios que compõem a comunidade intermunicipal.

A CIM irá também avançar com a criação de um mercado virtual de apoio logístico que junte necessidades de empresas, instituições e municípios às competências e ofertas da própria região.

A suspensão da cobrança das rendas relativas a Abril, Maio e Junho devidas por estabelecimentos comerciais instalados em espaços municipais, a redução dos prazos médios de pagamento a fornecedores de bens e serviços às autarquias e a criação de uma equipa de apoio às micro, pequenas e médias empresas são outras das medidas concertadas.

Está também prevista a constituição de uma rede, com os Grupos de Acção Local, para apoiar a pequena agricultura da região, um sistema de gestão de bens excedentários dos sectores produtivos não escoados pelo mercado, com vista a sua optimização, nomeadamente para o consumo de famílias/instituições carenciadas, e a criação de uma plataforma online de “crowdfunding” da Região de Coimbra para angariação de financiamento colaborativo/colectivo de estímulo e apoio a iniciativas de interesse da região no sentido de ajudar as famílias e empresas afectadas pela pandemia.

As medidas abrangem ainda questões como o desemprego, a restauração ou o turismo, nomeadamente através do lançamento de campanha “Emprego: Hoje e Amanhã”, com o apoio dos Gabinete de Inserção Profissional municipais, em parceria com o IEFP e associações empresariais; o estabelecimento de uma pareceria com a AHRESP com vista a apoiar e qualificar a restauração durante a pandemia; e a preparação de uma campanha turística para «atracção e retenção de turistas no cenário pós pandemia».

O comunicado da CIM Coimbra refere que estas medidas irão ser «consubstanciadas e aprofundadas nas próximas reuniões de câmara» e são complementares a um conjunto de outras medidas que já foram comunicadas pelos 19 municípios da Região de Coimbra, e adianta que «opportunamente apresentará novas medidas noutras das áreas estratégicas para a região».

Diários Associados