Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Covid-19: Itália supera as 17 mil mortes com 604 óbitos nas últimas 24 horas


terça, 07 abril 2020

Itália superou hoje as 17 mil mortes por causa do novo coronavírus, com o registo de 604 óbitos nas últimas 24 horas, indicaram as autoridades italianas, destacando que o número de contágios e de pessoas hospitalizadas está em decréscimo.
Com a actualização dos dados, Itália, um dos países mais afectados pela pandemia da covid-19, totaliza hoje 17.127 vítimas mortais desde o início da crise.
A Protecção Civil italiana destacou que o número diário de mortes foi menor do que no dia anterior (na segunda-feira tinham sido contabilizados 636 óbitos num dia).
Em termos globais, desde o diagnóstico do primeiro caso de covid-19 de contaminação interna no país, em Fevereiro, Itália contabiliza 135.586 casos, mais 3.039 em comparação com segunda-feira, número que indica que a tendência de um ligeiro abrandamento na propagação do vírus mantém-se.
Neste momento, os casos positivos activos de infecção em Itália são 94.067, anunciou a mesma fonte.
O número de novos casos positivos aumentou apenas 880 num dia, o número mais baixo desde 10 de Março, destacaram as autoridades locais.
Um total de 24.392 pessoas estão dadas como curadas, das quais 1.555 receberam alta nas últimas 24 horas, precisou o chefe da Protecção Civil italiana, Angelo Borrelli.
A maioria dos casos positivos, 61.557, está em isolamento nas respectivas casas, enquanto outros 28.718 estão hospitalizados com sintomas.
Um grupo de 3.792 doentes está em unidades de cuidados intensivos, menos 106 do que na segunda-feira, mantendo-se o decréscimo do número de pacientes graves pelo quarto dia consecutivo.

Diários Associados