Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Região Centro tem a maior taxa de mortalidade do país


sexta, 03 abril 2020

A região Centro está a registar a maior taxa de mortalidade do país por Covid-19, comparada com as regiões Norte e Lisboa e Vale do Tejo. O mesmo comprova a análise aos números divulgados ontem pela Direcção Geral de Saúde (DGS) no boletim da Situação Epidemiológica em Portugal.

De acordo com o documento, no Centro do país são 1.161 os casos confirmados de Covid-19, havendo a registar 55 mortes, o que representa uma taxa de mortalidade de 4,74%. No Norte a taxa é de cerca de 2%, com 5.338 casos confirmados e 107 mortes. Já em Lisboa e Vale do Tejo, o número de casos confirmados de Covid-19 é de 2.207, com 44 mortes registadas, o que se traduz numa taxa de mortalidade de 1,99%. No Algarve a taxa de mortalidade é de 1,8%, com 3 mortes e 164 casos de pessoas infectadas. No Alentejo não há mortes a lamentar, havendo 59 casos de infecção.

ARSC está a analisar dados com a DGS
Questionada sobre o que poderá explicar esta discrepância percentual na região Centro, a ARSCentro confirmou que a situação está a ser analisada em articulação com a DGS. Ressalvando o facto da «região Centro se apresentar como a mais envelhecida do país, com uma média superior à média nacional», a Administração Regional de Saúde do Centro remete para os próximos dias uma resposta oficial.
Em relação ao relatório, surgiram na região Centro mais 118 casos, subindo o número total de infectados de 1.043 para 1.161 e o número de mortes subiu de 52 para 55. O Norte registou mais 12 mortes e na região de Lisboa e Vale do Tejo houve mais 6 mortes.
Olhando em pormenor para a região de Coimbra, ontem foram 278 os casos confirmados com o novo coronavírus, mais 23 comparativamente com o dia anterior. No concelho de Coimbra foram identificados 178 casos (mais 14), verificando-se também aumento de pessoas infectadas com Covid-19 no concelho de Condeixa-a-Nova, de 20 para 24, mais três casos em Cantanhede, e mais um nos concelhos da Lousã, Miranda do Corvo e Figueira da Foz.
Nos restantes municípios, o número de casos positivos mantém-se em relação ao relatório divulgado no dia anterior: Montemor-o-Velho com 13 pessoas infectadas, Soure com oito, Penacova com seis, Mealhada com cinco casos confirmados, Góis, Mortágua e Vila Nova de Poiares com três pessoas infectadas em cada concelho. Recorde-se que o boletim da DGS apresenta apenas os concelhos com três ou mais casos oficialmente confirmados de Covid-19.
Em Portugal, segundo o balanço feito ontem pela Direcção-Geral da Saúde, registaram-se, ao todo, 209 mortes devido à pandemia da Covid-19, mais 22 do que na quarta-feira (+11,8%), e 9.034 casos de infecções confirmadas, o que representa um aumento de 783 em relação à véspera (+9,5%).


Diários Associados