Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Distrito de Coimbra contabiliza 140 casos positivos de Covid-19


sábado, 28 março 2020

Os dados da Direcção-Geral da Saúde (DGS) revelam que o concelho de Coimbra tinha, até às 11h00 de ontem, 109 infectados com Covid-19, ocupando o 8.º lugar no relatório da caracterização demográfica dos casos confirmados em Portugal. De referir que, em relação ao boletim divulgado na quin­ta-feira, o concelho de Coimbra apresentava, ontem, mais 22 infectados.
Em termos de contabilização global, o distrito de Coimbra tinha, ontem, 140 casos confirmados, mais 34 do que na véspera. Com oito casos, o concelho de Montemor-o-Velho figurava como o segundo concelho do distrito com maior registo validado de casos de Covid-19, seguido de Soure (sete casos), Condeixa-a-Nova (cin­co), Cantanhede (quatro), Penacova (quatro) e Figueira da Foz (três).
No relatório de situação da caracterização demográfica dos casos confirmados, a nível nacional, o concelho de Lisboa, com 317 casos confirmados, está no topo da listagem, seguindo-se o Porto (284 casos), Vila Nova de Gaia (262), Maia (171), Gondomar (149), Ovar (145) e Braga (131). No “top ten” nacional aparecem, também, Valongo, com 108 casos, e Matosinhos, com 107.

520 casos e 18 mortos
na região Centro
É importante referir que os dados divulgados pela DGS são baseados em informação reportada pelas Administrações Regionais de Saúde e Regiões Autónomas, com a DGS a revelar que, quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados.
Nestes tempos de pandemia, em que as pessoas representam números, a região Centro registava, ontem, 520 casos confirmados de Covid-19, quando no dia anterior estavam 435 pessoas infectadas. Em relação à mortalidade, a região Centro também passou de 13 mortos para 18.
Em Portugal, segundo os dados divulgados, ontem, pela DGS, estavam confirmados 4.268 casos de infecção (mais 724), e 76 mortos (mais 16), havendo, até às 11h00 de ontem, 3.995 pessoas a aguar­dar os resultados laboratoriais dos testes e 43 doentes recuperados. Do total dos casos positivos, 354 estão internados, 71 dos quais em unidades de cuidados intensivos.