Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Escutar paisagens no Convento São Francisco


quinta, 08 agosto 2019
Num mundo tão cheio de imagens e de sons, nem sempre escutamos com atenção o que nos rodeia. No âmbito do projecto “Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade” - um projecto desenvolvido pelo Jazz ao Centro em co-organização com o Município de Coimbra -, o Convento São Francisco promoveu ontem à tarde uma visita guiada às suas exposições e ainda desafiou os participantes para um percurso sonoro até ao Jardim Botânico, já na outra margem do Mondego. Nos espaços dentro do edifício, que já foi Convento de Franciscanos e fábrica de têxteis, ou já no exterior, com o audio da autoria de João Bento a marcar o percurso, o desafio é escutar.Anunciada no dia anterior na página do Facebook, a visita guiada rapidamente chegou ao número máximo de participantes. Cerca de duas dezenas, entre crianças, jovens e adultos, na sua maioria de Coimbra ou com alguma ligação à cidade, apresentaram-se no Foyer do Convento São Francisco. Catarina Moura fez as honras da casa, começando por lembrar que designamos de paisagem sonora o conjunto de sons que compõe um determinado ambiente, sejam de origem natural, humana, industrial ou tecnológica, e sublinhando que cada criador ali representado «pegou em sons da cidade para fazer a sua própria partitura, o que entenderam sobre Coimbra enquanto cidade de sonoridades». 
Leia a notícia completa na edição em papel.