Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Mundial de Motocross de Águeda à espera de uma centena de pilotos


Redacção (texto)/Arquivo (foto) terça, 07 maio 2019

A sexta etapa do Campeonato do Mundo MXGP, que se vai disputar em Águeda nos próximos dias 18 e 19, integrada no Grande Prémio de Portugal, foi apresentada oficialmente, ontem, na sede da Federação de Motociclismo de Portugal. O Crossódromo Internacional de Águeda volta a receber a “nata” mundial da modalidade, estando garantida a presença de cerca de uma centena de pilotos, entre os quais os portugueses Sandro Peixe, Luís Outeiro, Diogo Graça e Joana Gonçalves. Os concorrentes vão evoluir num traçado de 1.603 metros, sendo que os bilhetes variam entre os 30 (normal) e os 40 (com bancada) euros.

Na cerimónia de apresentação da sexta de 19 etapas do Mundial de Motocross contou com a presença do presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, Manuel Marinheiro, e os representantes do clube organizador do evento, entidades às quais se juntou ex-piloto Rui Gonçalves, vencedor da prova em 2009, ano em que foi vice-campeão do mundo na categoria MX2. A etapa portuguesa volta a ser organizada pelo Águeda Action Club (ACTIB), cujo presidente, Albano Melo, espera ver ultrapassada a barreira dos 20.000 espectadores que estiveram na edição do ano passado. “A corrida, em si, merecia ter 50 mil pessoas. Já seria uma melhoria termos 30.000 ou 40.000 pessoas nos dois dias", perspectivou. 

Leia a notícia completa na edição em papel.