Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Estado beneficia das dificuldades das autarquias


João Peixinho sábado, 30 março 2019

O presidente da Câmara de Ílhavo, Fernando Caçoilo, disse, esta quinta-feira à noite, que o Estado tem beneficiado da necessidade das autarquias recorrerem a serviços externos, porque quando os municípios contratam a prestação de serviços ao exterior é cobrado o IVA (23 por cento) às empresas. “O Estado vai buscar receita aos serviços que ele próprio presta”, disse o social-democrata, mas através da despesa feita pelos municípios, e não vê sinais de mudança, uma vez que “a tendência legislativa é complicar”, afirmou no discurso que encerrou a cerimónia de assinatura dos contratos interadministrativos de Delegação de Competências com as juntas de freguesia para este ano.

A contratação de serviços ao exterior é uma inevitabilidade, considerando as dificuldades na contratação de especialistas e outros trabalhadores. Se a função pública “paga mal”, as pessoas preferirão ir para o privado, segundo o autarca. Fernando Caçoilo diz que até “há gente para trabalhar, mas não há disponibilidade”.

Em vários municípios, para além de Ílhavo, os autarcas têm-se referido ao assunto, havendo casos de concursos públicos para realização de obras sem empresas interessadas e outras dificuldades na contratação de trabalhadores.

 

Leia a notícia completa na edição em papel.