Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Programação cirúrgica do Hospital de Leiria reduzida para metade


foto: Arquivo / Legenda: Falta de médicos estende-se à área laranja do Serviço de Urgências, alerta o sindicato quarta, 27 fevereiro 2019
A programação cirúrgica prevista para Março do Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, foi reduzida em 50% por falta de recursos humanos, disse à agência Lusa o secretário regional do Centro do Sindicato Independente dos Médicos (SIM). O Conselho de Administração admitiu a redução de profissionais."O HSA está a bater no fundo. É um problema de gestão, pois o Conselho de Administração assumiu que pode fazer mais com menos, mas não dá condições de trabalho. A programação cirúrgica para Março viu os tempos reduzidos em 50% por falta de recursos humanos", revelou José Carlos Almeida. Segundo o secretário regional do Centro do SIM, a falta de médicos estende-se à área laranja do Serviço de Urgências. Esta zona "tem uma capacidade para 14 doentes" e no dia da visita do SIM, na semana passada, "estavam 46 e ainda era de manhã", denunciou, reforçando que "não há médicos diferenciados".
Leia a notícia completa na edição em papel.