Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Trio de “aveirenses” na fuga do dia na Volta ao Algarve


Redacção (texto)/D.R. (foto) domingo, 24 fevereiro 2019

O holandês Dylan Groenewegen (Team Jumbo-Visma) venceu ontem, com autoridade, a quarta etapa da Volta ao Algarve, que proporcionou à caravana dois imensos banhos de multidão, à partida, em Albufeira, e na chegada, em Tavira. O esloveno Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) mantém a camisola amarela, embora tenha perdido sete segundos num “corte” à chegada. Os 198,3 quilómetros tiveram o esperado desfecho ao “sprint”, num final tenso, de grande dificuldade de colocação para os homens rápidos. Groenewegen atrasou-se devido a um problema mecânico, a cerca de cinco quilómetros da meta. Ajudado pela equipa, o holandês recolocou-se e triunfou pela segunda vez consecutiva na cidade do Gilão.

A etapa do dia foi animada por uma fuga em que estiveram envolvidos ciclistas das três equipas da região (na foto), que se deu ainda antes de dobrado o quilómetro dez. Nikolay Mihaylov (Efapel), Fábio Costa (UD Oliveirense/InOutBuild) e Oscar Pelegri (Vito-Feirense-PNB), juntaram-se a Luís Fernandes (Aviludo-Louletano) e Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), e aproveitaram a passividade do pelotão para conquistarem 6m25s de margem. mas a aproximação à meta ditou o fim da aventura, a 20 quilómetros da chegada. A Volta ao Algarve termina neste domingo com a quinta etapa, uma ligação de 173,5 quilómetros, que começa em Faro, às 12h30, e termina no alto do Malhão, concelho de Loulé, cerca das 17h00, na segunda ascensão àquela mítica montanha do ciclismo português.

Leia a notícia completa na edição em papel.