Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Gafanha recorre da derrota administrativa


Jorge Maia Valente (texto)/Eduardo Pina (foto) terça, 12 fevereiro 2019

O Gafanha vai apresentar recurso à pena de derrota administrativa (0-3) e consequente perda de três pontos aplicada, na última sexta-feira, pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, em resultado da presença do jogador Eamon Hatoum no boletim de jogo do encontro contra o Marítimo B, da 19.ª jornada do Campeonato de Portugal - Série B, que o Gafanha venceu por 2-1.

Em causa estará o processo de inscrição do avançado inglês, de 20 anos, para participar no Campeonato de Portugal, já que era regularmente convocado no “Distrital” de Aveiro ao serviço da equipa B. Apesar de não ter entrado no terreno do jogo - como sucedeu com outros jogadores recrutados à equipa B -, a pena disciplinar é aplicada pela simples presença no boletim oficial de jogo.

“Fomos notificados do castigo e da perda dos três pontos na sexta-feira. Os advogados já têm o processo para analisar e apresentar recurso, pelo que nos resta aguardar com serenidade”, afirmou, ontem, ao Diário de Aveiro, Carlos Peleja, presidente do Gafanha (na foto). O jogo em questão foi o primeiro na semana da “debandada” de jogadores do plantel sénior, que obrigou a formar uma equipa com recurso aos atletas da equipa B.

Leia a notícia completa na edição em papel.