Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Luna, a princesa-guerreira, ganha mais uma batalha: celebra o quarto aniversário


Adérito Esteves sexta, 01 abril 2016
Era uma vez uma menina que, como qualquer outra menina da sua idade, gostava muito da “Princesa Sofia”. O nome dessa menina é Luna e ela gosta tanto, mas tanto, da Princesa Sofia que a traz, orgulhosamente, vestida no seu fato de princesa. Esta podia ser apenas mais uma história de uma criança feliz, mas não é. É a história da Luna, uma menina feliz que é diferente da maioria das crianças da sua idade. E a Luna até tem vantagens em relação a outras meninas de quatro anos: tem uma história que encontra pontos de contacto com a da princesa da Disney que faz tantas meninas sonhar. Enquanto a personagem de desenhos animados se tornou princesa aos sete anos, de repente, sem que tenha tido preparação para tal, a Luna descobriu mais cedo, aos dois, que tinha de se tornar guerreira. E fê-lo. Desde então, encara de frente a sua bruxa má – uma leucemia linfoblástica, sempre recorrendo ao poderoso amuleto que traz ao peito: um coração forte. E, apesar de todos os feitiços e rasteiras que a inimiga lhe tem colocado no caminho, de sorriso na cara, a Luna vai ultrapassando cada dificuldade. Com a ajuda de muitas fadas boas, claro, que a vão ajudando na sua tarefa de se tornar uma guerreira cada vez mais forte. “O que as pessoas têm feito é maravilhoso”, desabafa, emocionada, Aurora, a mãe de Luna, a princesa-guerreira, a quem nunca foi perguntado se se sentia pronta para ser guerreira.
Leia a notícia completa na edição em papel.