Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Produção de Pêra Rocha com quebra até 25% por causa do calor


foto: Arquivo/DR terça, 28 agosto 2018

A produção de Pêra Rocha deste ano, cuja colheita começou ontem, arranca com quebras entre 15 e 25% devido ao calor deste mês, devendo ficar entre as 180 a 190 mil toneladas, abaixo 210 mil anteriores, estimou a associação do sector. Aquele fruto é produzida (99%) nos concelhos entre Leiria e Mafra, sendo os de maior produção os do Bombarral (no distrito de Leiria) e Cadaval.
“Tínhamos uma previsão de quebra de 9% em relação à colheita anterior, mas com o escaldão dos dias 3 e 4 de Agosto prevê-se [agora] uma quebra de 15 a 25%”, afirmou à agência Lusa Domingos dos Santos, presidente da Associação Nacional dos Produtores de Pera Rocha (ANP), que representa o sector.
O responsável explicou que “o calor queimou a fruta que estava mais exposta ao sol e essa ficou logo incapaz de ser comercializada”. Além disso, o “choque de calor criou um choque térmico tão elevado que veio atrasar o crescimento da fruta”, afirmou.

Leia a notícia completa na edição em papel.