Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Região registou uma das quatro mortes ocorridas nas praias nesta época balnear


foto: DR terça, 28 agosto 2018

Quatro pessoas morreram nas praias portuguesas desde o início da época balnear, a 1 de Maio, e até 30 de Julho, de acordo com um balanço divulgado ontem, pela Autoridade Marítima Nacional (AMN). Segundo os dados divulgados,  uma das vítimas mortais foi registada na Praia das Valeiras, a Sul de S. Pedro do Moel, no concelho da Marinha Grande.
Duas das mortes ocorreram nas praias (vigiadas) de Carcavelos, no concelho de Cascais (Lisboa), e Santo António, na Costa da Caparica (distrito de Setúbal) e outra na praia (não vigiada) dos Pescadores, em Espinho, no distrito de Aveiro.
A Autoridade Marítima adi­anta também que, desde o início da época balnear, foram efectuados 91 salvamentos nas praias portuguesas. 
“As áreas sob jurisdição da Capitania do Porto de Cascais, Peniche e Nazaré são as que têm registado maior número de ocorrências”, segundo a AMN.
A área sob jurisdição da Capitania de Peniche é aquela com mais ocorrências, tendo registado 34 ocorrências, na Nazaré (também distrito de Leiria) contam-se 26 e no Porto de Cascais (Lisboa) foram registadas 30.

Leia a notícia completa na edição em papel.