Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

O acesso ao Molhe Norte é mais fácil e foi transformado num miradouro


João Peixinho (texto) e Ricardo Carvalhal (foto) quarta, 15 agosto 2018
Está aberto, desde a passada segunda-feira, um novo acesso ao Molhe Norte da Barra de Aveiro, por terra, em S. Jacinto, que a Câmara Municipal de Aveiro convida a visitar apresentando o paredão como um novo “miradouro”. É uma obra desenvolvida em cooperação com o Exército Português, através de um protocolo celebrado com o Regimento de Infantaria n.º 10 (RI10) sedeado naquela freguesia. Aquele paredão da barra sempre foi acessível, pelo estuário da Ria de Aveiro ou pela praia, principalmente por pescadores, mas o conhecido “estradão”, com 2,4 quilómetros, é agora de uso público livre, uma via situada em terreno do Exército, cuja negociação com a Câmara permitiu abrir este novo acesso. Recorde-se que esta foi a via usada para a circulação dos veículos envolvidos nas obras do Molhe Norte (as últimas resultaram na ampliação da sua extensão em mais 200 metros) que foi, entretanto, melhorada. Partindo da entrada principal da praia de S. Jacinto, onde se encontra hasteada a Bandeira Azul, a via segue paralelamente à linha da costa até ao Molhe Norte, observando-se, à direita, a vegetação autóctone e o sistema dunar, sendo que à esquerda se encontra a área de uso exclusivo do Exército, separada por uma vedação de três metros de altura.
Leia a notícia completa na edição em papel.