Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Plano do Baixo Vouga só é viável com os agricultores


João Peixinho segunda, 16 abril 2018
A presença e a actividade humana nos campos agrícolas do Baixo Vouga Lagunar (BVL) é considerada fundamental para justificar o investimento de cerca de 20 milhões de euros, um montante para suportar o plano de obras de protecção contra a invasão da água salgada que tem inundado as zonas de cultivo e pastagem. Esta necessidade, conservacionista do BVL, foi repetidamente afirmada na conferência “O Baixo-Vouga Lagunar – as obras e as Oportunidades” realizada no passado sábado pela Fundação Eng. António Pascoal. Por isso, o presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), Ribau Esteves, disse que é preciso revitalizar a Associação dos Beneficiários do Baixo Vouga e a Associação da Raça Marinhoa. Outros interesses são os dos clubes desportivos e da Navigator com necessidade de captação de água, doce, do Rio Vouga.
Leia a notícia completa na edição em papel.