Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Casas vandalizadas em bairro social “há mais de um ano”


António Jorge Pires sábado, 10 março 2018
A denúncia parte de Salomé Castanheira, autarca eleita para a assembleia da União de Freguesias de Águeda/Borralha que, considerando “um escândalo” a situação que se verifica no Bairro Social de Vale Domingos, apela à Câmara para a recuperação dos imóveis. O Bairro, construído em 2003, é composto por 30 habitações, cinco das quais “mais do que desabitadas, estão completamente vandalizadas”, diz Salomé Castanheira. “Até há bem pouco estavam totalmente abertas, vendo-se toda a degradação no interior, e ago­ra, recentemente, como que a esconder minimamente o escândalo, foram tapadas as portas e jane­las com uns pedaços de madei­ra. Essas casas têm um jardim na parte da frente e na parte de trás um pedaço de terreno, murado que pode servir de quintal, outros moradores colocam as casotas do cão, outros fazem uns cobertos, enfim uma panóplia de soluções. Mas nestas casas que estão completamente destruídas na edificação, o jardim é um mato e este pedaço de terreno atrás é um mato ainda maior, com ervas que passam e invadem o espaço da casa ao lado”, denuncia. Salomé Castanheira diz que estas casas “estão assim há demasiado tempo, sem que nada seja feito e, neste caso, muito pouco importa quem as vanda­lizou a Câmara não se pode esquecer que aquelas casas são propriedade sua. A Câmara é a senhoria daquelas casas e dessa responsabilidade não se pode simplesmente descartar”.
Leia a notícia completa na edição em papel.