Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Jorge Almeida: “Não fui eleito para ser o eterno presidente da Câmara Municipal”


António Jorge Pires (texto) e JAReportagens (foto) segunda, 19 fevereiro 2018
O novo presidente da Câmara Municipal de Águeda, Jorge Almeida, discorda da perpetuação nos cargos políticos. Apesar de ter sido “vice” de Gil Nadais, garante que cada qual tem a sua forma única de governar. E afirma que “chegou a hora das freguesias” Diário de Aveiro: Quando foi que tomou a decisão que pretendia candidatar-se a presidente de Câmara, sendo certo que foi vice-presidente da autarquia durante os 12 anos de mandato de Gil Nadais? Jorge Almeida: Falámos nessa possibilidade pela primeira vez no dia 18 de Janeiro de 2017, altura em que, reunido com os meus colegas de Executivo, fui escolhido para encabeçar a nossa candidatura. A decisão de avançar com uma candidatura independente, foi tomada depois do dia 20 de Março, após termos recebido imensas solicitações e palavras de incentivo de muitos aguedenses, de todas as freguesias e principalmente de vários quadrantes políticos. Percebemos nesse instante que esta candidatura seria diferente, poderia ser um novo marco na política local. Ficou surpreendido quando, na concelhia do PS, apareceram mais dois nomes que se propuseram a ser candidatos pelo PS? Não fiquei surpreendido, há muito tempo que percebia as motivações de um dos candidatos e sabíamos da disponibilidade do outro. Acho que foi um erro de avaliação que saiu caro ao PS, ouvir os cidadãos em vez de apenas se ouvirem a si teria sido mais eficaz, mas não me quero imiscuir na vida interna dos partidos. E a escolha de Paulo Seara (PS) foi uma surpresa para si? Como lhe disse não gostaria de estar a falar sobre outros partidos e muito menos daquilo que já é passado e pouco importa aos aguedenses, mas confirmo que não foi surpresa. Sabia qual a composição da Comissão Política.
Leia a notícia completa na edição em papel.