Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Os 264 casos de tráfico de seres humanos são apenas “a ponta do iceberg”


domingo, 11 fevereiro 2018
Em 2016 foram sinalizadas 264 presumíveis vítimas de tráfico de seres humanos, mas esse número deverá ser bastante maior. «Os números da sinalização são apenas a ponta do iceberg», disse ontem Sónia Araújo, da Equipa Multidisciplinar Especializada (EME) de assistência à vítima de tráfico de seres humanos, da Associação de Planeamento da Família, acreditando que em Portugal haverá «mais de 1000» vítimas de tráfico de seres humanos por ano, só que a esmagadora maioria das vítimas são «silenciosas». Entre as vítimas sinalizadas, há 23 nacionalidades presentes, muito embora sejam os portugueses em larga maioria. Ainda segundo dados do Observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH), ontem citados no encontro que decorreu na Casa da Lusofonia da Universidade de Coimbra, entre os 264 estão 118 que foram efectivamente confirmados, sendo que desses 108 casos foram em Portugal e os restantes 10 no estrangeiro, envolvendo vítimas portuguesas.
Leia a notícia completa na edição em papel.