Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Estarreja quer dar uma boa imagem em Aveiro


Jorge Maia Valente (texto); Ricardo Carvalhal (foto) sexta, 09 fevereiro 2018
O Estarreja é visto como uma das desilusões do Campeonato Safina da Associação de Futebol de Aveiro (AFA) por força da sua tradição, mas também por ter sido um dos despromovidos do Campeonato de Portugal Prio. Juntamente com o Pampilhosa, surgiu como candidato a lutar pela subida, mas o cenário mostra que essa ambição foi colocada de parte. Sandro Botte, treinador do Estarreja, reconhece que contava “estar uns lugares mais acima na classificação”, mas, com um plantel curto - actualmente com apenas 18 jogadores - e o infortúnio em cinco jogos onde a vitória “fugiu” nas compensações, ajudam a explicar o actual momento. “A equipa foi construída com jogadores jovens, aliada a alguns jogadores experientes, mas as muitas saídas, como do Mino e do Bem-Haja, ou dos dois argentinos que tínhamos no ataque, condicionaram”, referiu, ontem, Sandro Botte, ao Diário de Aveiro. “Apesar desse condicionalismos, temos dado espaço aos jogadores mais novos, temos conseguido boas exibições, como sucedeu contra o S. João de Ver, que vencemos, e contra o Lourosa, que embora perdendo realizámos um bom jogo. Não pensamos na subida de divisão, isso está colocado de parte, nem foi objectivo da época. Não há capacidade financeira para ombrear com Lourosa, Beira-Mar ou S. João de Ver. Queremos lutar pelos três pontos em todos os jogos até final e terminar nos lugares mais acima possível na classificação”, referiu o treinador do Estarreja.
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados