Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Atitude vaguense foi recompensada


José Ratola (texto); Ricardo Carvalhal (foto) domingo, 04 fevereiro 2018
O Vagos, que vinha de três triunfos consecutivos na Liga, não desperdiçou o factor-casa e venceu o GDESSA (82-74), após dois prolongamentos, numa partida em que durante muito tempo andou atrás no marcador. Contudo, nunca “atirou a toalha ao chão”, foi buscar o jogo, por duas vezes, ambas através de dois triplos de Inês Faustino (53-53 e 63-63) e, depois, no segundo tempo extra, foi superior, construindo um triunfo que premeia a atitude que a equipa revelou. Após um primeiro período fraco em termos ofensivos (10-14), e que ficou marcado pelos três triplos da equipa visitante e pela estreia nas vaguenses da norte-americana Khadijah Whittington, que mostrou ser reforço, o segundo período também não foi muito dinâmico, com as equipas a revelarem baixas percentagens nos lançamentos, mas com alternâncias na liderança do marcador que trouxeram alguma vivacidade ao jogo.
Leia a notícia completa na edição em papel.