Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

FIFA: Sucessor de Blatter escolhido de entre quinteto de candidatos


sexta, 26 fevereiro 2016
A FIFA elege hoje o nono presidente em 112 anos de história, entre cinco candidatos que se propõem reabilitar o organismo após o escândalo de corrupção que afastou o antigo líder, o suíço Joseph Blatter. O ítalo-suíço Gianni Infantino, de 45 anos, e o xeque do Bahrein Salman bin Ebrahim al-Khalifa, de 50 anos, surgem como principais favoritos à sucessão de Blatter, de 79 anos, que anunciou a demissão a 02 de Junho de 2015, quatro dias após ter sido reeleito para um quinto mandato consecutivo. O suíço ocupou a presidência durante 17 anos, entre 1998 e 2015, tendo o terceiro mais longo mandato à frente do organismo, mas foi empurrado para uma saída conturbada, suspenso por seis anos. A contagem das ‘espingardas’ começou pouco depois do anúncio da demissão de Blatter e se Infantino conseguiu reunir o apoio da UEFA, confederação sul-americana e das federações centro-americanas, Ebrahim al-Khalifa tem consigo as confederações asiática, a que preside, e africana. Além do secretário-geral da UEFA e do presidente da Confederação Asiática de Futebol, concorrem também ao lugar de cúpula do futebol mundial o príncipe jordano Ali bin al Hussein, derrotado por Blatter nas eleições de maio de 2015, o francês Jérôme Champagne e o empresário sul-africano Tokyo Sexwale. Pelo caminho ficou a candidatura do francês Michel Platini, que numa fase inicial se perfilava como o ‘sucessor natural’ de Blatter, mas que também acabou suspenso por seis anos pela Comissão de Ética, na sequência do caso do recebimento de 1,8 milhões de euros do presidente demissionário da FIFA.