Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Prédios em ruínas no centro não acompanham novos investimentos


João Peixinho sábado, 07 outubro 2017
O estado das antigas instalações da empresa de fundição e metalurgia Bóia & Irmão, no Cais do Paraíso, está a preocupar a vizinhança, no bairro do Alboi, em Aveiro, que teme pela segurança da zona devido ao abandono e degradação física criado desde o fim da produção, encerramento e falência, além de um grupo que ocupou uma casa vizinha e se dedica a conseguir dinheiro junto dos automobilistas que estacionam. A Câmara Municipal e a PSP não têm conseguido parar a actividade dos arrumadores que pressionam os automobilistas a darem-lhes dinheiro. O dinheiro pode ser conseguido em troca da indicação de um lugar apesar dos parcómetros. Além da “ajuda” na indicação de um lugar de estacionamento, tentam obter os tiquets ainda válidos por algum tempo para tentar revendê-los a outros automobilistas que cheguem. Com a demolição de tectos e parte da construção da Boia & Irmão, deixou de ser viável pernoitar na antiga fábrica dando-se a mudança das pessoas para uma casa desabitada vizinha.
Leia a notícia completa na edição em papel.