Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Está disposto a morrer para tentar recuperar a filha


Diana Cohen sexta, 21 abril 2017
Desde o início da manhã de segunda-feira à porta do Tribunal de Estarreja, em sinal de protesto por ter sido promovida a adopção da sua filha, Paulo Fernandes está decidido a levar a greve de fome e sede até ao fim. A menina, que hoje tem nove anos, foi institucionalizada aos dois, depois de a mãe ter tentado suicidar-se quando Paulo cumpria pena de prisão por ter sido apanhado várias vezes a conduzir sem carta. A mulher acabaria mesmo por pôr termo à vida antes de o marido deixar a cadeia e, desde que este saiu da prisão, tem travado uma luta para recuperar a filha, mas os tribunais mostraram-se irredutíveis. “Tentei todas as formas legais para ter a guarda da minha filha e não consegui. Tenho esperanças de que esta greve resulte”, diz Paulo, agora estabelecido em Felgueiras, onde tem uma empresa de lavagem de automóveis. O homem, de 42 anos, natural do Ribatejo, mas que na altura estava a morar em Ovar, entende que, quando encaminhou a menina para adopção, em Junho de 2015, o tribunal não esgotou todas as possibilidades nem tentou perceber se algum familiar poderia ficar com ela. “Uma assistente social foi visitar a minha casa e disse-me que eu tenha condições para a ter comigo, por isso não entendo esta decisão”, refere.
Leia a notícia completa na edição em papel.