Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Desatar o “nó” frente ao galo


domingo, 02 abril 2017
Olhando para aquilo que têm sido os resultados mais recentes, a Académica parece agora mais confortável a jogar fora de casa do que em Coimbra. A Briosa, depois de oito triunfos consecutivos como anfitriã, deixou escapar oito pontos (duas derrotas e um empate) que a deixaram mais longe do sonho de subida de divisão, sendo que, por outro lado, terminou com o jejum de vitórias como visitante que durava há cinco meses, ao vencer em Vizela por 0-1, façanha que repetiu há oito dias quando ganhou por 0-2 na Póvoa de Varzim. Ora, a turma conimbricense, que apresenta o melhor registo defensivo fora de casa entre os 22 competidores, volta hoje a viajar, desta feita a Barcelos. Ali, mora o Gil Vicente, conjunto com o qual a Académica já mediu forças por duas vezes, sen­do que em ambos os casos o 0-0 subsistiu no tempo regulamentar, ainda que no primeiro duelo da temporada, pa­ra a Taça da Liga, os pupilos de Álvaro Magalhães (um antigo futebolista da Briosa), tenham levado a melhor nas grandes penalidades.
Leia a notícia completa na edição em papel.