Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

SAD do Gafanha já tem investidores interessados


Jorge Maia Valente (texto)/GafanhaTV (foto) terça, 21 março 2017

Aprovada A constituição de uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) para o futebol do Gafanha foi legitimada pelos sócios em Assembleia-Geral (AG) no sábado passado. A proposta da Direção, liderada por João Paulo Ramos, foi aprovada por maioria, abrindo caminho para uma SAD que ainda não tem data para ser constituída mas que, segundo João Paulo Ramos, já com investidores interessados no projecto. O presidente do Gafanha é o primeiro rosto entre os investidores na qualidade de empresário, já que ficará com 25 por cento do futuro capital da SAD. O clube será detentor de 30 por cento, enquanto que os 45 por cento restantes estão abertos a investidores.

João Paulo Ramos assumiu ao Diário de Aveiro que “existem interessados em participar na SAD”, que terá “capitais nacionais”, faltando ainda definir o capital inicial da sociedade dependente da posição desportiva da equipa sénior de futebol, envolvida na luta pela promoção à II Liga. “Ainda não existe data para criarmos a SAD. Foi dado um passo importante para ir ao encontro daquilo que desejamos, de construir um clube cada vez mais forte, mas teremos de aguardar pelo fim do campeonato”, referiu João Paulo Ramos. Nos campeonatos nacionais, uma SAD será constituída com capital mínimo de 50 mil euros, mas se o Gafanha subir à II Liga, a sociedade terá capital social de pelo menos 250 mil euros.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados