Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Professor de Aveiro preside à nova associação do saxofone


João Peixinho sábado, 21 janeiro 2017
Henrique Portovedo, professor no Conservatório de Música de Aveiro, é o primeiro presidente da nova Associação Portuguesa do Saxofone (APS), criada em finais de 2016, cujo principal objetivo é a “promoção nacional e internacional da criação saxofonística de origem portuguesa”. A APS está direccionada para “profissionais do saxofone, estudantes e amadores do saxofone ou simplesmente aos seguidores e amantes do saxofone”. Há uma “grande evolução da prática pedagógica e artística” nos últimos 25 anos em Portugal, mais jovens a estudar música, abriram “muitas novas escolas”, o mercado está mais aberto, mas “ainda com uma oferta muito curta para a procura existente”, há “novas oportunidades” e tem crescido o nível artístico, “equiparando Portugal ao melhor se faz em qualquer parte do mundo”. Henrique Portovedo integra ainda a equipa de trabalho da associação, que recebe o EURSAX 2017, Congresso Europeu de Saxofone, entre os dias 11 e 14 do próximo mês de Julho, além de Francisco Ferreira , João Pedro Silva, Gilberto Bernardes, Mário Marques, Luís Ribeiro, Carlos Canhoto, Isabel Anjo e Ingrid Van Asch. É considerado o “maior evento saxofonístico da Europa”, um evento itinerante, trianual, que privilegia as estreias, “dedicado a tudo o que é inovação” com um comitê artístico do qual Henrique Portovedo também faz parte, a
Leia a notícia completa na edição em papel.